10 toneladas de peixes ameaçados de extinção são apreendidas no RS

Peixes estavam em carroceria de caminhão, prontos para serem transportados e vendidos.( Foto: Divulgação/BM)

Mais de 2,1 mil peixes cação-viola haviam sido pescados com redes, de forma irregular, na Praia do Mar Grosso, em São José do Norte. Havia cerca de 40 pessoas na praia no momento da ação; dois homens foram presos.


Tartaruga marinha também foi vítima de rede de pesca em São José do Norte.(Foto: Divulgação/BM)

Cerca de 10 toneladas de peixes cação-viola, espécie ameaçada de extinção, foram apreendidos na tarde deste sábado (22) em São José do Norte, no Sul do Rio Grande do Sul, durante operação do Comando Ambiental da Brigada Militar. Os mais de 2,1 mil peixes haviam sido pescados com redes, de forma irregular, na Praia do Mar Grosso.

Havia cerca de 40 pessoas na praia no momento da ação. Dois homens foram presos e encaminhados à Polícia Federal. Os demais serão ouvidos como testemunhas do inquérito. Dois barcos, dois caminhões e as redes de pesca foram apreendidos.

O flagrante foi realizado por policiais que estavam de folga. Segundo informações recebidas de forma anônima pela Brigada Militar, a prática eram comum em feriados e em festas de fim de ano, para dificultar a investigação.


Golfinho foi morto devido ao uso de redes de pesca em São José do Norte.(Foto: Divulgação/BM)

Os peixes encontrados durante a operação estavam em caminhões, prontos para o transporte. Segundo a Brigada Militar, eles seriam vendidos em Santa Catarina. Além dos peixes cação-viola apreendidos, havia outros da mesma espécie ainda vivos em redes de pesca, que foram devolvidos ao mar.

O cação-viola está na lista dos animais ameaçados de extinção. As fêmeas se aproximam da costa durante o período de reprodução, e por isso ficam vulneráveis à pesca predatória.

Uma tartaruga marinha e um golfinho também foram encontrados. Ambos morreram aos serem capturados pelas redes.

Os animais apreendidos foram encaminhados ao Museu Oceanográfico da Universidade Federal do Rio Grande (Furg), na mesma região, para pesquisas.

A pesca com redes é proibida na região por instrução normativa do governo federal. A regra foi criada para preservar os golfinhos que vivem no Litoral Sul gaúcho.

Be the first to comment on "10 toneladas de peixes ameaçados de extinção são apreendidas no RS"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*