Ações emergenciais do governo aceleram liberação da BR-163

Governo.(Foto:Divulgação)

Com fortes chuvas na região, trecho não asfaltado da rodovia foi interditado



Tráfego no sentido norte da rodovia foi liberado na manhã desta quinta-feira (7); fluxo em sentido ao Mato Grosso foi permitido um dia antes.(Foto: Divulgação/DNIT)

Ações emergenciais na BR-163 conduzidas pelo Exército Brasileiro e pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) vão conseguir zerar a fila de caminhões na BR-163 com 24 horas de antecedência. Bloqueado nos últimos dias por conta das fortes chuvas que atingiram a região, o trânsito na rodovia foi afetado em um trecho não pavimentado da via entre as cidades paraenses de Moraes Almeida e Novo Progresso.

Na manhã de hoje, a liberação do fluxo começou no sentido Norte da rodovia, usado especialmente por caminhões carregados de grãos que saem de Mato Grosso em direção aos portos de Miritituba e Santarém. Ontem (6), o tráfego já havia sido liberado no sentido Sul, com 1.309 caminhões fazendo o percurso de retorno em direção ao Mato Grosso. Com a liberação, o tráfego na região vai ocorrer em sentido único de forma alternada, das 6h às 22h.

Para esta sexta-feira (8), está prevista a liberação do trânsito a partir da cidade de Guaratã do Norte, no Mato Grosso, onde caminhões que seguiam sentido norte estavam parados por conta do bloqueio. Desta forma, o acúmulo de veículos e novas filas são evitadas. Durante as madrugadas, equipes do Dnit e do Exército continuarão realizando as obras na rodovia. O esquema deve continuar pelos próximos meses, para evitar novas paralisações.

Prioridade

De acordo com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, que vistoriou os trabalhos de recuperação da rodovia, a conclusão das obras de asfaltamento do trecho é prioridade do governo federal para este ano. Fonte:Ministério da Infraestrutura

Be the first to comment on "Ações emergenciais do governo aceleram liberação da BR-163"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*