Comércio fecha 2018 com maior alta em cinco anos, mostra IBGE

IBGE.(Foto:Divulgação)

Avanço de 2,3% registrado no ano passado foi o maior desde 2013


Comércio consolida trajetória de recuperação após recessão econômica.(Foto:Divulgação)

As vendas do comércio varejistas mantiveram a trajetória de crescimento após a recessão e atingiram uma alta de 2,3% em 2018, o melhor resultado em cinco anos. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e foram divulgados nesta quarta-feira (13).

Entre os destaques do comércio no ano estão as vendas de artigos de uso pessoal (+7,6%), artigos farmacêuticos e médicos (+5,9%), hipermercados, supermercados e produtos alimentícios (+3,8%) e equipamentos de informática e comunicação, com leve alta de 0,1%.

No caso do varejo ampliado, que considera as vendas do setor automotivo, foi registrada a décima nona alta consecutiva, com uma taxa de 5%. Esse resultado foi influenciado, principalmente, pela venda de automóveis e motos, com um avanço de 15,1% no período.

A recuperação do comércio ocorre em meio à retomada da economia brasileira, que agora convive com um cenário de inflação baixa e a taxa básica de juros (Selic) na mínima histórica, depois de um longo período de recessão.

Be the first to comment on "Comércio fecha 2018 com maior alta em cinco anos, mostra IBGE"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*