Dia Nacional do Samba celebra ritmo que expressa a cultura brasileira

Dia Nacional do Samba.(Foto:Divulgação)

Inicialmente restrita a Salvador, com o passar dos anos, a data passou a ser comemorada em todo o Brasil

Resultado de imagem para SambaO samba tem raízes na ancestralidade e matrizes culturais africanas no Brasil.( Foto:Divulgação)

 Comemorado em todo o País, o Dia do Samba, celebrado neste domingo (2), é homenageado por estudiosos e artistas. A data foi criada pelo vereador baiano Luís Monteiro da Costa e sancionada pelo então prefeito de Salvador, Virgildásio Senna, no ano de 1963. A ideia foi homenagear a primeira visita a Salvador do compositor mineiro Ary Barroso, em 1940.

Ary era querido da população local por conta da canção Na Baixa do Sapateiro, que cita o famoso bairro da capital baiana. Gravada em 1938 por Carmen Miranda, a música alcançou sucesso internacional. Inicialmente restrita a Salvador, com o passar dos anos, a data passou a ser comemorada em todo o Brasil.

Celebrações

O Museu do Samba, no Rio de Janeiro, celebra a data com programação especial até 9 de dezembro. Neste domingo (2), a instituição terá um estande na FLISAMBA 2018 – Festa Literária do Samba e Resistência Cultural, no Clube Renascença, evento que reúne samba, literatura, gastronomia e cinema.  O Museu de Arte do Rio está com a exposição O Rio do Samba: resistência e reinvenção em cartaz.

Já em Salvador, várias são as comemorações, que vão desde a Caminhada do Samba, com blocos e trios elétricos, a shows em diversos pontos da cidade, como o Centro Histórico e Rio Vermelho.

Ancestralidade

Com raízes na ancestralidade e matrizes culturais africanas no Brasil, a origem do samba veio nos batuques, que eram também uma espécie de comunicação ritual e religiosa. Em meados do século XIX, os batuques começam a se misturar com outros ritmos famosos à época e, aos poucos, foram se delineando os aspectos do samba.

No início do século XX, o samba já estava presente em diversos estados como Bahia e Minas Gerais. O gênero musical também foi se firmando, dominante em subúrbios e morros do Rio de Janeiro. Em 27 de novembro de 1916, o sambista Donga – Joaquim Maria dos Santos (1890-1974) – registrou a música “Pelo telefone”, conhecida como o primeiro samba registrado em gravadoras. A partir da década de 1930, o samba foi se tornando a música nacional, uma das principais expressões culturais do País.Fonte:Ministério da Cultura

Be the first to comment on "Dia Nacional do Samba celebra ritmo que expressa a cultura brasileira"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*