Jair Bolsonaro tem náuseas e vômito no quinto dia após operação

O presidente Jair Bolsonaro assina decretos no hospital Divulgação Presidência da República.(Foto:Divulgação)

No Twitter, Carlos Bolsonaro, filho do presidente, disse que a situação se normalizou: “Está nas mãos de profissionais excepcionais”

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), teve náuseas e vômito neste sábado (2), cinco dias após a operação para retirada da bolsa de colostomia.

De acordo com o boletim médico divulgado pelo Hospital Albert Einstein, no início da noite, o presidente encontra-se com sonda nasogástrica.

O boletim, assinado pelo cirurgião Antônio Luiz Macedo, pelo clínico e cardiologista Leandro Echenique, e pelo diretor superintendente do hospital Miguel Cendorogio, ainda informa que Bolsonaro segue sem dores e febre. Ele continua em jejum e nutrição parenteral exclusiva.

Bolsonaro segue internado com visitas restritas. No Twitter, o filho do presidente, vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ), disse que o pai “teve uma recaída, mas está nas mãos de profissionais excepcionais e a situação se normalizou”.

Carlos Bolsonaro disse que o presidente estava “descansando vendo seu time [Palmeiras] jogar”.


Jair Bolsonaro após procedimento cirúrgico.(Foto:Divulgação)

Be the first to comment on "Jair Bolsonaro tem náuseas e vômito no quinto dia após operação"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*